A- A A+

Professores passam por formação para ampliar processo de aprendizagem de estudantes com deficiênciaAs equipes de professores da educação especial da rede estadual de ensino passam por processo de formação continuada na Gerência Regional de Educação (Gered) da Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) Chapecó.  O propósito é contribuir na mediação da aprendizagem dos alunos com deficiências e transtornos para que eles possam acompanhar com qualidade a aprendizagem no ensino regular.

Na região da Gered Chapecó, que abrange nove municípios, em sala de aula estão inclusos  41 alunos com deficiência física, 276 com deficiência intelectual, 52 com deficiência auditiva, 30 alunos com deficiência visual, 63 com transtorno de espectro autista e 529 com transtorno de déficit de atenção com hiperatividade. Já no atendimento em salas de recursos  multifuncional  são atendidos 495 alunos com deficiências e transtornos. Com altas habilidades/superdotação são atendidos 45 alunos na sala de recurso multifuncional da EEB Druziana Sartori e 100 alunos em parceria com o Centro Associativo de Atividades Psicofísicas Patrick (CAPP). Todos estes atendimentos envolvem 287 professores na região.

A primeira etapa de formação já foi realizada neste mês com os professores das salas de recursos multifuncionais e com os docentes que fazem atendimento especial em classe (segundo professor). Ainda neste mês irão se reunir professores da educação especial que inclui intérprete, segundo professor bilíngue e instrutor de libras.

De acordo com a integradora educacional Claudia Fantin, o objetivo é fomentar e qualificar a produção dos professores da educação especial em sala de aula, cumprindo  a legislação do Estado de Santa Catarina,  atualizada na Resolução 100/2016, que apresenta mudanças estruturais na lei.  “O grande desafio é desmistificar o conceito de que o aluno com deficiência não tem condição de aprender. Também é necessário trabalhar nas adequações curriculares para compreender a aprendizagem do aluno e fazer com que ele entenda os conceitos trabalhados”, destaca Claudia. 

 

Na sala

A segunda professora Daniela Lara, da EEB Professora Luiza Santin participou da formação. Ela conta que adapta todas as atividades no atendimento de uma aluna autista em nível moderado. “É um desafio diário, mas com muita dedicação e novas estratégias de ensino aprendizagem e com auxílio da turma conseguimos a inclusão”, destaca.

A orientadora educacional Marineuza Savaris, da EEB Professora Luiza Santin, também está presente neste processo de ensino aprendizagem. “Acreditamos que todos aprendem ao seu modo, respeitando o aluno na sua individualidade oferecemos adequações de conceitos e conteúdos para que consigam obter o aprendizado”, destaca Marineuza.

Governo de Santa Catarina | Secretaria de Estado da Educação
Rua João Pinto, 111 | Centro | Florianópolis | SC | CEP 88010-410
Telefone: (48) 3664-0000
Horário de Funcionamento: das 12 às 19 horas
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento:  logo ciasc rodape | Gestão do conteúdo: SED | Acesso restrito