A- A A+

Atividade ocorre na sexta-feira, 7, às 14h, no Campus da Univali

Foto de Dales Hoeckesfeld 2Estudantes indígenas, que integram o curso Pedagogia Intercultural Indígena Guarani, formação inédita neste formato, e oferecida, desde julho, no Campus da Universidade do Vale do Itajaí (Univali), em Biguaçu, com parceria da Secretaria de Estado da Educação, realizam, na sexta-feira, 7, evento de intercâmbio e confraternização cultural com alunos do curso de Música da Univali de Itajaí.

Na ocasião, os 45 participantes indígenas compartilharão sua tradição, com músicas de sua cultura, enquanto alunos não-indígenas apresentarão canções de seus repertórios, com a finalidade de integração entre os dois grupos.

A atividade é promovida pela coordenação do curso de Pedagogia Intercultural Indígena Guarani e Núcleo de Acessibilidade da Univali (NAU). Ela é gratuita, aberta ao público e ocorre às 14h, na sala 404 do bloco 2, no Campus da Univali localizado às margens da BR101, em Biguaçu.

Sobre o curso de Pedagogia Intercultural Indígena – Guarani

O curso de Pedagogia Intercultural Indígena – Guarani teve início em julho de 2018, oferecido pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), no Campus de Biguaçu. As atividades ocorrem no próprio Campus e em aldeias próximas. Elas são financiadas pelo Programa de Bolsas Universitárias de Santa Catarina (Uniedu) e pelo Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior (Fumdes).

O curso atende o que preconiza a meta 15 do Plano Estadual de Educação (2015) e foi aprovado pela comissão Ad Hoc, nomeada pela portaria nº1942/2016. Ele envolve as comunidades das aldeias Pira Rupá e Morro dos Cavalos, de Palhoça; Itanhaém e Mbya Roká, de Biguaçu; Tekoa Vya, de Major Gercino; Tekoá Tavaí; Tekoa Marangatu, de Imaruí; Yvy Ju e Morro Alto, de São Francisco do Sul; e Pindoty, de Araquari.

As atividades têm periodicidade semanal e a equipe de profissionais que atua no curso é formada por professores da Univali, da Secretaria Estadual de Educação de Santa Catarina (SED) e de lideranças das comunidades indígenas Guarani de Santa Catarina.

A formação tem como foco oportunizar o exercício da docência na educação infantil e nos anos iniciais do ensino fundamental, em escolas indígenas. As aulas são presenciais, com carga horária de pouco mais de 3,2 mil horas, distribuídas em oito semestres.

Governo de Santa Catarina | Secretaria de Estado da Educação
Rua João Pinto, 111 | Centro | Florianópolis | SC | CEP 88010-410
Telefone: (48) 3664-0000
Horário de Funcionamento: das 12 às 19 horas
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento:  logo ciasc rodape | Gestão do conteúdo: SED | Acesso restrito