TwitterFacebookYoutubeInstagram

Governador Sec Natalino e Presidente FNDEO Governador Carlos Moisés, juntamente com o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, receberam nesta sexta-feira, 5, o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Carlos Alberto Decotelli. O objetivo é estreitar a relação, tornado o estado de Santa Catarina ainda mais parceiro do Ministério da Educação, via o FNDE.

Na ocasião, o Governo do Estado entregou ao presidente um projeto para captação de recursos para duas propostas de ação: aos 50 municípios catarinenses com menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e para ampliação da rede escolar de ensino médio.

O primeiro é referente às demandas relativas à rede de educação básica pública de ensino nas 50 cidades com menor IDH em Santa Catarina e que incluem a oferta de uniformes, café da manhã e transporte aos alunos, além da construção de quadras poliesportivas cobertas. Contempla ainda a formação dos professores que já atuam nos anos iniciais e nas disciplinas de Português, Matemática e Ciências nos anos finais, bem como, a formação de novos professores.

O segundo cenário está relacionado à litoralização da população catarinense, com a necessidade de implantação de novas unidades escolares destinadas ao ensino médio para atender o crescente número de alunos, resultado do aumento do fluxo migratório.

De acordo com o secretário Uggioni, as duas ações são relativas à ampliação do acesso à educação básica no Estado de Santa Catarina. “Precisamos oferecer, cada vez mais, condições de acesso à educação aos nossos alunos. Entregamos o projeto com a expectativa de que sejam aprovados pelo FNDE e que assim, possamos realizar investimentos importantes no território catarinense em diferentes frentes”, destaca.

O presidente do FNDE manifestou sua alegria com a demanda em SC. “Ela vem ao encontro do que estamos trabalhando em parceria com o Escritório das Nações Unidas de Serviços para Projetos (UNOPS). Já estamos trabalhando juntos e vamos focar no atendimento de mais esta demanda catarinense”, afirma Decotelli.

Para o Governador Carlos Moisés da Silva, "trata-se de iniciativa relevante para o estado de SC e, quanto mais próximas forem as relações do estado com o FNDE, tanto mais e melhor poderemos fazer pela educação catarinense", destaca.

No encontro o presidente aproveitou para apresentar as ações do Fundo para fortalecer o diálogo com os municípios e estados e melhor utilizarem os recursos da educação. Uma série de agendas serão marcadas para formações dos prefeitos e secretários Municipais da Educação. Também entregou um documento solicitando informações detalhadas da realidade da educação catarinense.