A- A A+

Foto 3 EEB Estanislau Schumann Desafio de valorizaºúo a vida

O assunto sobre o Jogo da Baleia Azul que tomou conta da mídia nos últimos dias fez com que alunos, professores e integrantes da direção da Escola de Educação Básica (EEB) Estanislau Schumann, criassem o Desafio de Valorização a Vida.

O diretor da Escola, Marlon Karvat, explica que foram repassados aos estudantes diversas informações sobre o assunto, com debate, esclarecimentos, vídeos e conscientização. “Conversamos com nossos alunos sobre a importância de estarmos atentos aos nossos atos, comportamentos, e também de cuidarmos das pessoas próximas ao nosso convívio”, destaca.

Leia mais...

IMG 6729A semana que é celebrado o Dia do Índio, dia 21 de abril, foi dedicada para programações que evidenciam os aspectos culturais tradicionais dos indígenas de Santa Catarina. Em Chapecó ocorreu nas escolas estaduais a 17ª Semana Cultural Kaingang. Da Regional de Seara a Escola Indígena Cacique Pirã da Aldeia Indígena Toldo Pinhal, realizou a manifestação cultural Saberes e Sabores. Unidades escolares de Florianópolis também participaram.

Em Chapecó, a EIEF Fen nó, da aldeia Toldo Chimbangue, as programações foram concentradas com apresentações culturais, dança, canto, artesanato e mostras pedagógicas de atividades. Na EIEF SapeTyko, da Aldeia Condá.

Leia mais...

19 04 Mesa redonda sobre Ensino Médio CIC Thiago MArthendal 1 UBuscando abrir mais um canal de diálogo entre o Governo, entidades educacionais e a população, a Secretaria de Estado da Educação (SED), por meio da Diretoria de Políticas e Planejamento Educacional, realizou uma mesa redonda para debater a Política de Ensino Médio em Santa Catarina e os desafios para a implementação da nova legislação.

A reunião, realizada nesta última quarta-feira, 19, no Centro Integrado de Cultura (CIC), em Florianópolis, contou com a presença de cerca de 150 membros representantes da Educação Estadual, de entidades de Ensino Superior, Sindicato dos Professores, do Sistema S de Ensino e do setor produtivo. Sendo alinhada para gerar um debate o mais participativo possível entre todos os participantes, este é primeiro de uma série de encontros por uma construção coletiva da Política de Ensino médio no Estado.

“Estamos aqui hoje pois temos noção da importância de ouvir os representantes das demais organizações participantes do processo educacional e para ter uma ideia de quais são as dúvidas e pontos que ainda não estão definidos dentro da proposta do Ensino Médio”. Com esta fala o secretário de Estado da Educação, e presidente do Conselho Nacional de Educação (CNE), Eduardo Deschamps, abriu o encontro iniciando uma apresentação que detalhou todos os tópicos de destaque da Política de Ensino médio, seus desafios e pontos que ainda demandam ajustes.

 

Debate

19 04 Mesa redonda sobre Ensino Médio CIC Thiago MArthendal 2A mesa de discussões contou com pontos, contrapontos e dúvidas construtivas que foram respondidas pelo secretário Eduardo e repassadas para a SED e para o CNE. A Vice-Reitora de Graduação da Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI) e coordenadora do Fórum Estadual de Educação, Cassia Ferri, demonstrou preocupação com o aumento da carga horária e necessidade de mudança na forma de pensar do estudante. “É importância e vital para esta política, que exista um subsidio da Secretaria por uma conscientização e transformação no tempo de estudo e no espaço de estudo dos estudantes”, destacou. 

O secretário de Assuntos Educacionais e Culturais do Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sinte), Luis Carlos Vieira, ressaltou que o aligeiramento do processo de reforma do Ensino Médio não pode privar a sociedade de sua participação no debate e construção desta nova proposta. Representando o Sistema S, o Assessor para Assuntos do Movimento A Indústria pela Educação da Fiesc, Antônio José Carradore, destacou também que é necessário trazer um sentido para o Ensino Médio, atrair e manter os jovens na educação. “Esta mudança tem de ser pensada levando em conta o caminho futuro que os jovens vão tomar, tanto na educação profissional quanto visando um curso universitário”, disse.

Apesar das diversas opiniões sobre o tema, foi consenso entre o público e os participantes da mesa que este longo trabalho de aplicação e adaptação da Política de Ensino médio exige mais oportunidades de debate e revisão da proposta, para que toda a comunidade escolar e população interessada em geral possam ser orientadas com clareza e concordância ao longo da implementação.

Foto 7 alunos que participaram do rallyMais de 200 alunos do Ensino Médio da Escola de Educação Básica (EEB) Almirante Barroso, em Canoinhas, participaram na última semana, de um dia especial, conciliando ensino teórico com prático. As aulas diferenciadas aconteceram na sede da Universidade do Contestado (UnC) Campus Canoinhas, no distrito de Marcílio Dias, durante todo dia.

Aproximadamente 200 alunos do Ensino Médio, Ensino Médio Inovador e Integral participaram de experiências além da sala de aula. Trilha ecológica, slack line, jogos de voleibol e futebol, disputas de xadrez gigante, rally a pé de regularidade, circuitos, brincadeiras instrutivas de torta na cara e karaokê foram algumas das atividades realizadas neste dia de aula especial para os alunos.

Leia mais...

Mais de 500 mil alunos serão mobilizados para esclarecimentos de prevenção e intervenção sobre o jogo

Felipe Vitorino Meurer 06Nesta quinta-feira, 20, a Secretaria de Estado de Educação (SED) enviou um documento orientativo às 1.080 escolas da rede sugerindo ações preventivas e interventivas aos casos do Desafio Baleia Azul, jogo que estimula a baixa estima dos jovens por meio de desafios ameaçadores colocando em risco a própria vida. Por meio da política do Núcleo de Educação, Prevenção, Atenção e Atendimento as Violências na Escola (Nepre) educadores irão promover encontros para esclarecimentos, palestras e debates com os estudantes e a família na escola.

A gerente de Políticas e Programas da Educação Básica e Profissional da SED, Julia Siqueira da Rocha, ressalta que a mediação dos professores com os estudantes é fundamental no trabalho de pesquisa sobre o assunto. “O objetivo dessa pesquisa deve ser a possibilidade de escuta dos estudantes e oferta de conhecimentos para que eles possam tomar decisões seguras. Entendendo que as redes sociais podem ser espaços também para manipulação de crianças e adolescentes”, enfatiza. Siqueira ainda destaca a importância dos educadores e familiares de demonstrar segurança e fazer o acolhimento do jovem que acabou entrando no jogo.

Outra ação sugerida é abrir o debate com os familiares para que compreendam os processos da infância e adolescência possibilitando novas posturas de relação entre família e aluno. Segundo a gerente para abordar o assunto com crianças dos anos iniciais é necessário ter uma linguagem direta e cuidadosa. “É importante que seja bem esclarecido tratar-se de um jogo em que as pessoas são desafiadas a correrem riscos que para sua segurança não devem jogar nada sem acompanhamento de adultos responsáveis”, reitera.

Leia mais...

A Agência de Desenvolvimento Regional de Canoinhas liberou a assinatura das planilhas para liberação às prefeituras para custeio do transporte escolar em 2017. O valor total que será repassado pelo Governo de Santa Catarina aos seis municípios da ADR é de R$ 2.053,556 milhões, beneficiando 1673 alunos do Ensino Médio e 702 alunos do Ensino Fundamental da rede pública estadual. No total, 2.375 alunos serão beneficiados.

O secretário executivo Aloísio Francisco Salvatti recebeu na quinta-feira, 12, o supervisor de articulação com os municípios da Gerência de Educação, Quintino Everton Jungles, para assinatura das planilhas. “Após a assinatura das planilhas e conferência dos municípios, as parcelas já serão liberadas beneficiando em toda região, mais de 2,3 mil alunos”, explica Salvatti.

Leia mais...

O secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional de Xanxerê, Ademir Gasparini, assinou na tarde desta segunda-feira, 17, os convênios com os 14 municípios que compreendem sua área de atuação, referente ao transporte escolar.

Neste ano o Governo do Estado irá repassar cerca de R$ 3,1 milhões pagos em nove parcelas. O valor se refere aos 3.690 alunos da rede estadual de ensino, transportados pelos municípios. Os valores são calculados de acordo com o número de alunos e a distância até a escola.

“O Governo do Estado está repassando esses valores aos municípios que por sua vez são nossos parceiros no transporte escolar. É importante esta parceria e o Governo cumpre o seu papel. Nós reunimos todos os prefeitos, repassamos as planilhas e esclarecemos as dúvidas já que a maioria deles são novos neste cargo público e assim aproximamos a Agência de Desenvolvimento Regional”, explica Ademir Gasparini.

Leia mais...

vacinacao gripePreocupado com o bem estar das comunidades escolares e atento ao início dos meses de temperaturas mais frias, que aumentam a incidência de casos de gripe, o Governo do Estado de Santa Catarina está iniciando nesta segunda-feira, 17, a Campanha de Vacinação contra o a gripe (vírus Influenza).

A campanha, que segue até o dia 26 de maio, deve vacinar gratuitamente em Santa Catarina quase 2 milhões de pessoas. A novidade este ano é que também foram incluídos, no grupo prioritário da campanha, professores do ensino básico e superior das escolas públicas e privadas.

Além da campanha estadual, a Secretaria de Estado da Educação (SED) está em contato com escolas e Gerências Regionais de Educação de todo o Estado para divulgar ações de prevenção à transmissão do vírus da gripe. “Estamos repassando uma série de informações para todas as escolas a fim de garantir a maior porcentagem possível de imunização”, destacou a coordenadora da divulgação na SED Rosi Koch.

Leia mais...

Programa de educação nutricional nas escolas estaduais de Santa Catarina ensina os alunos a escolher alimentos usando as cores

IMG 7132A inclusão de legumes, cereais e frutas nas refeições é um costume que precisa ser reforçado para as crianças. Com o objetivo de incentivar hábitos alimentares saudáveis entre os alunos da rede pública estadual, a Secretaria de Estado da Educação (SED-SC), em parceria com as empresas Nutriplus e Risotolândia, desenvolve o projeto “Colorindo o prato”, pelo qual nutricionistas orientam os estudantes sobre a importância de refeições equilibradas com o uso de ingredientes naturalmente coloridos.

A abordagem ocorre durante os intervalos, quando os profissionais interagem com as crianças por meio de atividades lúdicas, como a montagem de um prato gigante com recortes de alimentos trazidos de casa. A ação busca envolver também os pais com brincadeiras e tarefas para serem avaliadas em conjunto com a família. “Temos relatos de pais que foram incentivados pelos filhosaincluir nas refeições caseiras alimentos saudáveis.Esse é um dos propósitos deste projeto,ampliar e levar para a família novos hábitos”, destaca o diretor deArticulação com os Municípios, Osmar Matiola.

Leia mais...

ALESC 12 04Representantes da Secretaria de Estado da Educação (SED) participaram nesta quarta-feira, 12, de audiência pública na Assembleia Legislativa para tratar da situação das unidades escolares do Sul do Estado. Membros das comunidades de Sombrio e Balneário Gaivota, juntamente com o Ministério Público também participaram do encontro.

Alinhado pela Comissão de Educação, Cultura e Desporto a audiência deu voz às comunidades que apresentaram suas necessidades. Uma equipe técnica da Secretaria da Educação já esteve nas escolas e tem intervindo na Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Araranguá e atuado com o Ministério Público local para o retorno mais breve possível das aulas. Nesta quinta-feira, 13, representantes da SED estarão novamente reunidos com o Ministério Público para traçar nova etapa do plano de ação.

Governo de Santa Catarina | Secretaria de Estado da Educação
Rua João Pinto, 111 | Centro | Florianópolis | SC | CEP 88010-410
Telefone: (48) 3664-0000
Horário de Funcionamento: das 12 às 19 horas
JSN Boot template designed by JoomlaShine.com

Desenvolvimento:  logo ciasc rodape | Gestão do conteúdo: SED | Acesso restrito