TwitterFacebookYoutubeInstagram

16-02 pequena caue 1Com a presença do governador Raimundo Colombo, secretário de Estado da Educação, Eduardo Deschamps, e secretária adjunta, Elza Marina Moretto, foi realizada nesta segunda-feira, 15, em Lages, a abertura do curso de formação continuada sobre Gestão Escolar. Os cerca de 1.100 diretores de escolas da rede pública estadual estiveram presentes, além dos gerentes regionais de educação, secretário executivos das Agências Regionais e diretores da Secretaria de Estado da Educação. Na ocasião também foram lançados um livro do Plano Estadual de Educação e um caderno de orientação aos gestores escolares.

No encontro, o governador palestrou sobre Gestão Pública. “Precisamos trazer para a escola uma participação maior dos pais, ter um envolvimento maior da comunidade, além do desafio que tem sido a gestão escolar. O papel de protagonismo da comunidade de liderança dentro da escola é fundamental e esse é o ponto que eu gostaria de desenvolver”, disse Colombo.

O evento apresentou aos diretores uma perspectiva dos princípios e das ações para nortear a atuação dos gestores na administração pública e suas implicações para a gestão escolar. “Vamos dar as boas vindas aos novos diretores e o pontapé inicial para um trabalho que começa a ser feito de uma nova história para a educação de Santa Catarina. Com a entrega do Plano Estadual de Educação, o primeiro aprovado em lei na história do Estado, e o processo de seleção dos diretores com um movimento bonito, principalmente com a participação dos pais, professores e estudantes”, declarou Deschamps.

A partir de março serão realizadas as formações descentralizadas em cinco polos envolvendo os diretores de escolas de todas as Regionais. O trabalho será focado na formação mais específica de cada um dos diretores para atuar na educação catarinense, melhorando os indicadores educacionais do Estado.

Para a diretora da EEB General José Pinto Sombra, Cleusa Straober da Silva, acolher bem os alunos e professores é parte fundamental para o bom desenvolvimento do processo educacional dentro de uma escola. “Os alunos precisam se sentir abraçados, acolhidos, principalmente os novos. Não há escola sem estudante e sem eles nosso trabalho não poderia ser feito”.

16-02 pequena caue 2Sobre o mosquito Aedes aegypti, o secretário destacou as ações discutidas para a realização de um movimento nas escolas estaduais. “É uma preocupação nacional. Hoje repassamos junto com o exército, a Vigilância Sanitária e a Secretaria de Estado da Saúde as informações aos diretores que irão trabalhar com os professores e posteriormente levar as discussões para sala de aula. No dia 26 de fevereiro será realizado um movimento em todas as escolas catarinenses”.

Escolha dos diretores

Em 2015, todas as escolas da rede pública estadual passaram pelo processo de seleção dos diretores. Os candidatos elaboraram seu Plano de Gestão Escolar. O documento passou por avaliação e posterior votação pela comunidade escolar. Pais, alunos, professores e servidores da escola puderam votar no melhor plano e escolher o diretor que estará a frente das ações desenvolvidas pela escola.

Anualmente, o diretor será avaliado para verificar se suas ações estão sendo desenvolvidas de acordo com a proposta do plano. Este ano, todos os diretores passarão por formação continuada em encontros presenciais e on-line, por meio da plataforma e-Proinfo.