TwitterFacebookYoutubeInstagram

02-03 1Abertura Projeto Todos contra a dengue - pqnaA Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Dionísio Cerqueira, por meio da Gerência de Assistência Social, Trabalho e Habitação, em parceria com a Secretaria municipal de Saúde de Dionísio Cerqueira e a Escola de Educação Básica Dr. Theodureto Carlos de Faria Solto está desenvolvendo o projeto ‘Todos contra a Dengue’.

A primeira ação desenvolvida dentro do projeto foi uma palestra, realizada no dia 29,  englobando os alunos dos períodos matutino e vespertino da EEB Theodureto, ministrada pelos agentes da Dengue do município Valdelírio e Júnior e pela enfermeira Daniela Festa.

A ideia para a realização do projeto se deu após a reunião do Colegiado Regional, em que os membros propuseram que ações integradas fossem realizadas com os municípios da Regional para buscar soluções no combate ao mosquito Aedes Aegypti.

Em um primeiro momento, foi realizada uma reunião entre a secretária Executiva Bianca Maran Bertamoni, a gerente de Assistência Social Ana Paula Tecchio Gonçalves, o prefeito de Dionísio Cerqueira Altair Rittes e o secretário de Saúde João Stahl, em que foram acertados detalhes para a realização das ações.

Dentre as sugestões que haviam sido levantadas durante a reunião do Colegiado, estava a realização de projetos com as escolas, a fim de conscientizar e incentivar os alunos a combater o mosquito. “Entramos em contato com a direção da EEB Theodureto, coordenação pedagógica e professores, e em uma ação conjunta, buscamos elaborar um projeto para mobilização da comunidade escolar interna e externa, com propostas de atividades onde cada professor terá a autonomia para readequar ou propor novas atividades, conforme a disciplina e série trabalhada”, ressaltou a gerente Ana Paula Tecchio Gonçalves.

O objetivo do projeto é trabalhar a conscientização junto à comunidade escolar, ressaltando a necessidade de combater o mosquito transmissor da Dengue, Zica vírus e Chikungunya, desenvolvendo atitudes de prevenção e de combate a criadouros do mosquito, multiplicando as práticas aprendidas junto aos familiares e vizinhos, de forma contínua. “A pretensão é implantar o projeto no Plano de Desenvolvimento Regional, para que seja uma ação contínua realizada todos os anos pelas escolas da ADR, visando à sensibilização e conscientização da comunidade escolar para a gravidade do problema que enfrentamos hoje”, concluiu a gerente.