TwitterFacebookYoutubeInstagram

17-03-16 pequena caue 1As escolas da rede estadual de ensino estão engajadas na campanha contra o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zica vírus e febre chikungunya. O tema é trabalhado com alunos desde o primeiro dia de aula, sendo intensificado de 7 a 11 de março na Semana Saúde na Escola. Neste período, cada escola ficou responsável de desenvolver atividades de conscientização, mobilizando estudantes, professores e funcionários.

A Semana Saúde na Escola teve entre suas atividades debates em sala de aula, palestras com representantes das áreas da Saúde e Defesa Civil, elaboração de cartazes com dicas de prevenção e sintomas provocados pelas doenças, organizar jogos, brincadeiras, peças teatrais oficinas, entre outras dinâmicas.

Na quarta-feira, 9 de março, aconteceu o Dia D, para que se sensibilize além dos alunos, os funcionários e professores da escola e a comunidade, onde juntos rastrearam possíveis focos do mosquito na escola e redondezas.

Na escola Paulo Schieffler todas as turmas tiveram alguma atividade especial alusiva ao tema. A professora Everlaine Urio mobilizou os alunos do 8º ano confeccionando um mural com poemas. Para produzir os textos os alunos realizaram pesquisas e compartilharam os conhecimentos.

Dando continuidade ao dia D os alunos do Ensino Fundamental receberam a “visita” do mosquito. Em uma ação interativa, o personagem orientou as crianças quanto à prevenção para evitar água parada, reduzindo assim o risco da transmissão das doenças.

A missão de combater o mosquito da dengue será complementada ao longo do ano com atividades extracurriculares. A ideia é que os estudantes tornem como hábito os cuidados para evitar a propagação do mosquito e também ajudem a conscientizar fora do ambiente escolar, principalmente em suas casas, assim contribuindo para o bem-estar de todos.