TwitterFacebookYoutubeInstagram

Escrevendo-o-FuturoEstão abertas, até o dia 30 de abril, as inscrições para o programa Olimpíada de Língua Portuguesa - Escrevendo o Futuro, destinado a alunos e professores do 5º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio, das escolas públicas de todo o país. Nesta 4ª edição, o professor inscrito deverá orientar seus alunos a escreverem um texto sobre o tema O lugar onde vivo. Os interessados devem se inscrever pela internet, na página www.escrevendoofuturo.org.br.

Os interessados podem se inscrever nas categorias: Poema para alunos, destinado aos    estudantes do 5º e 6º ano do ensino fundamental; Memórias Literárias, para 7º e 8º ano do Ensino Fundamental; Crônica, para o 9º Ano do ensino fundamental e 1º ano do ensino médio, e Artigo de Opinião, para 2º e 3º ano do ensino médio.

As oficinas de leitura e produção de textos deverão ser desenvolvidas pelos professores durante as aulas de Língua Portuguesa, e até o dia 15 de agosto as escolas devem enviar os textos produzidos às comissões julgadoras. Ao longo do ano, serão realizadas cinco etapas de seleção dos textos: escolar, municipal, estadual, regional e a nacional, no mês de dezembro.

Regulamento

Para avaliar os trabalhos, serão formadas comissões julgadoras específicas para cada etapa. Estas comissões estaduais vão avaliar os textos e selecionar 500 trabalhos semifinalistas, sendo 125 textos de cada gênero. Na etapa seguinte, os textos passarão pela avaliação das comissões julgadoras regionais, que indicam os 152 professores e alunos finalistas. A etapa final da Olimpíada será realizada em Brasília, em dezembro, quando serão anunciados os 20 vencedores nacionais.

Segundo a coordenadora do Programa em Santa Catarina, Luzia Madalena Leite, desde 2004 são realizadas ações de formação continuada aos professores do Ensino Fundamental, a fim de orientar a produção de textos dos alunos. “O programa entende a leitura e escrita como práticas sociais, e nesse sentido, contribui para a melhoria do ensino nas escolas públicas de todo país. Dentre as ações está a formação para educadores envolvidos no ensino da Língua Portuguesa”, explica.

A Olimpíada é resultado de uma parceria entre o Ministério da Educação e a Fundação Itaú Social, sob a coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária.