TwitterFacebookYoutubeInstagram

28-03 Escola de Videira promove Gincana - PqnaTrabalhar com o lúdico e de forma congregada. Essa é a proposta do Ensino Médio Inovador (EMI) da EEB Professora Adelina Régis, de Videira. Nesse contexto, foi dado início, em março, a Gincana Interdisciplinar do Ensino Médio Inovador, reunindo professores e alunos. O projeto Colorindo o Ensino Médio Inovador também foi lançado aos presentes.

O objetivo das propostas é oferecer momentos de troca de experiências, ideias, despertando valores de respeito, ética, honestidade, solidariedade e responsabilidade, para que assim, desperte em cada estudante, a forma critica e reflexiva frente aos problemas do cotidiano.

A gincana teve início com a formação de sete turmas do EMI, misturadas e divididas por cores, de forma aleatória. A partir desse modelo foram aplicadas as primeiras tarefas, baseados no projeto Colorindo o Ensino Médio Inovador. Os alunos produziram mascote utilizando a cor da equipe e materiais disponíveis. Produziram uma poesia que aglutinou a cor da equipe e o mascote, além de  resgatarem brincadeiras tradicionais como carriola,  entre outros.

O evento, lançado em março, terá continuidade durante todo o ano, com propostas de encontros bimestrais, sempre com atividades interdisciplinares. A gincana conta com diversas propostas que visam despertar a criatividade e a produção dos alunos.

Para a professora Endy Lucy Müller o objetivo principal é oferecer uma formação ainda mais complexa “Queremos que os estudantes que frequentam o Ensino Médio Inovador saibam muito mais que as disciplinas, tenham conhecimento, percepção, senso critico. Para que, dentro ou fora da sala de aula, possam se destacar e contribuir”, afirmou.

A gerente de educação, Rita de Cássia Soares e o secretário executivo da 9ª Agência de Desenvolvimento Regional, Dorival Carlos Borga, parabenizaram a iniciativa. “Realmente nossas escolas estão de parabéns, pelo envolvimento e engajamento com a proposta. Nossos alunos e a comunidade são as grandes contempladas”, finalizou o secretário.