TwitterFacebookYoutubeInstagram

acadepol 4A Secretaria de Estado da Educação formalizou nesta segunda-feira, 29, a parceria com o Poder Judiciário de Santa Catarina na prevenção e no combate ao abuso e exploração sexual contra crianças e adolescentes na internet. Ao lado do presidente do Tribunal de Justiça TJSC, desembargador Rodrigo Collaço, e do delegado-geral da Polícia Civil no Estado, Paulo Koerich, o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni, assinou o convênio para atuação no projeto Conhecer para se Proteger.

A contribuição da Educação para o projeto será em forma de capacitação de educadores, gestores escolares, pais e alunos, além de rodas de conversa na sala de aula, para que possam ser identificadas mudanças de comportamento e estabelecido um diálogo aberto na comunidade escolar.  

“Estamos abraçando mais uma iniciativa para que o Estado previna problemas envolvendo as crianças e os jovens ao navegarem na rede mundial de computadores. Vamos trabalhar com o jovem desde o 8º ano até o Ensino Médio, orientando, conscientizando, mostrando a ele e aos pais os riscos que existem, relacionados à pedofilia e a diversas outras armadilhas sobre as quais é preciso estar alerta”, disse Uggioni.

A primeira fase de adesão ao projeto começa na região Oeste de Santa Catarina, envolvendo cerca de três mil estudantes, e na Serra Catarinense, com cerca de 7 mil alunos, com extensão para toda a rede estadual em 2020.

Cerca de dois mil profissionais receberão capacitação

Para lidar com o combate ao abuso e à exploração sexual contra crianças e adolescentes, a SED firma um termo de cooperação técnica com a empresa Safer Net, que irá capacitar cerca de dois mil profissionais da educação dentro do programa Educando para Boas Escolas On-line. O treinamento dará subsídio aos profissionais para que os temas sejam abordados em sala de aula.

“Estas ações estão alinhadas com a política da Educação em Santa Catarina, de prevenção, atendimento e atenção contra a violência na escola. Estas medidas são prioridades no contexto do novo currículo base do território catarinense”, ressaltou o secretário de Estado da Educação.  

O lançamento do projeto será em São Miguel do Oeste, dia 7 de agosto, das 19h às 22h, no auditório da Unoesc. Em Florianópolis, o evento será no dia 9 de agosto, das 14h às 18h, no auditório do Tribunal Pleno (TJSC).