TwitterFacebookYoutubeInstagram

Agosto lilasConscientizar os adolescentes nas unidades escolares sobre as “Desigualdades de Gênero”, “Violência Contra Mulher” e “Lei Maria da Penha”, é o objetivo do projeto “Polícia Civil Por Elas nas Escolas”, desenvolvido numa parceria entre Secretaria de Estado da Educação (SED) e a Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC). Ações piloto do projeto já vêm sendo realizadas em algumas cidades do Estado, mas serão intensificadas no Agosto Lilás.

Rodas de conversa entre Delegados, Psicólogos da Polícia Civil e alunos do 8º e 9º anos, com temáticas voltadas ao enfrentamento à violência contra a mulher, estão entre as atividades da agenda apresentada pelo governo do Estado dentro da programação do Agosto Lilás.

“Para nós, da Educação, é uma alegria fazer parte deste movimento, onde o Estado trabalha preventivamente, o que consideramos a melhor forma de investimento, pois atuaremos na conscientização, antes que problemas aconteçam. Entendemos que é pela educação que conseguiremos mudar a realidade, reforçando o papel de escola acolhedora”, ressaltou o secretário de Estado da Educação, Natalino Uggioni.

A reunião entre profissionais da segurança pública e professores de 12 escolas da rede estadual, no dia 15 de agosto, em várias regiões do estado, deve determinar o calendário que estabelecerá a interação com os alunos sobre o Agosto Lilás, ente os dias 19 e 30 deste mês.

agosto1As cidades que receberão as Rodas de Conversa foram definidas em conjunto entre a SED e a Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC). As interações entre as equipes da segurança pública e os estudantes da rede estadual de ensino serão em Itajaí, Balneário Camboriú, Camboriú, Joinville, Tubarão, Criciúma, Chapecó, Jaraguá do Sul, Florianópolis, Xanxerê, São José e Palhoça. A intenção das entidades envolvidas é continuar o projeto mesmo após o Agosto Lilás, a fim de que todas as escolas da rede sejam atendidas ao longo do ano.

Governo do Estado lançou site com informações sobre violência e serviços 

Levar a discussão sobre o enfrentamento da violência contra a mulher para a área rural, escolas, presídios, centros de atendimento socioeducativo, unidades de saúde e promover a conscientização em todos os municípios de Santa Catarina. Esse é o propósito da campanha Agosto Lilás, lançada pelo Governo do Estado nesta quarta-feira, 7 de agosto, em Florianópolis. Com a presença do governador Carlos Moisés, do chefe da Casa Civil, Douglas Borba, e da secretária de Estado do Desenvolvimento Social, Maria Elisa De Caro, o ato também marcou o anúncio de normativa que destina parte das vagas de empregos nas empresas terceirizadas para vítimas de violência.

Na solenidade, também foi lançado o site Santa Catarina Por Elas. A plataforma digital reúne informações sobre diferentes tipos de violência e oferece telefones e endereços de toda a rede de suporte disponível no estado. O objetivo é que mulheres e pessoas próximas possam encontrar ajuda de forma anônima e online. As redes sociais de todas as secretarias, fundações e autarquias do Governo do Estado também assumiram a campanha, substituindo o avatar pela marca do Agosto Lilás e redirecionando para o site do programa.

Para conhecer as redes de apoio no enfrentamento à violência contra a mulher ou procurar ajuda, acesse www.santacatarinaporelas.sc.gov.br

Veja a programação completa  das ações em Santa Catarina (clique aqui e acesse a programação completa).