TwitterFacebookYoutubeInstagram

2 Educação InovadoraO trabalho da Secretaria de Estado da Educação no ano de 2019 foi guiado pelos cinco eixos do Programa Minha Nova Escola, com o objetivo de atender de forma mais rápida e efetiva a comunidade escolar. No âmbito da Educação Inovadora, a SED priorizou a atualização dos processos desenvolvidos nas escolas com ações pensadas para 2020, como a abertura de vagas para iniciação profissional, a elaboração do Currículo Base da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do Território Catarinense, a implementação do Novo Ensino Médio e a adesão ao Programa das Escolas Cívico-Militares do Governo Federal.

Equipamentos tecnológicos, mobiliário, materiais e laboratórios 

Instalação das lousas digitais em dezembro de 2019.2. Foto Divulgação SEDNo Eixo da Educação Inovadora, a SED adquiriu equipamentos tecnológicos, contratou instalação e treinamento para os Núcleos de Tecnologias Educacionais das 36 regiões do Estado, para que as 1071 escolas passem a contar com projetor e lousa digital. As lousas digitais começaram a ser instaladas e os professores a serem treinados no mês de novembro. Além disso, a compra de livros para as bibliotecas escolares, de equipamentos para 57 laboratórios de ciências, de mobiliário e materiais escolares, totalizou o investimento de  R$ 125,7 milhões. 

- R$ 39 milhões em lousas digitais, projetores, computadores, notebooks, tablets, gabinetes móveis de recarga, webcam e aparelhos de som;
- R$ 32 milhões em obras literárias para as bibliotecas escolares;
- R$ 19 milhões em kits de material escolar para alunos em 2020;
- R$ 17,5 milhões em mobiliário escolar;
- R$ 9,4 milhões em equipamentos para 57 laboratórios de Matemática, Química, Física e Biologia;
- R$ 8,8 milhões em mobiliário para laboratórios e 12 auditórios;
- Total de R$ 125,7 milhões.

Parcerias e 4,7 mil vagas de iniciação profissional para 2020

As parcerias com instituições também se tornaram aliadas do eixo Educação Inovadora. Com os programas EDUtec, parceria com a Associação Catarinense de Tecnologia; Aprendizagem Criativa, com o SENAI e o SENAC; e Novos Caminhos, com o Governo Federal, estabelecidos em 2019, alunos da rede estadual de Ensino iniciarão o ano letivo de 2020 com 4,7 mil vagas em cursos de iniciação profissional no contraturno escolar, voltados a tecnologia, indústria e comércio, de acordo com as vocações econômicas de cada região do Estado. 

Matrículas on-line

A universalização da matrícula on-line para o Estado consolidou-se em 2019, com a inserção de novas funções aos aplicativos do portal do aluno e do portal do professor. Com as opções de trocas de mensagens e publicação e consulta de conteúdos, as ferramentas tecnológicas ajudam os membros da comunidade escolar a se tornarem mais autônomos. 

Carteira do estudante digital

Outra inovação do ano foi a implementação da carteira do estudante digital, um facilitador no uso do sistema de alimentação escolar e no acesso a eventos culturais em território catarinense.

Currículo Base da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do Território Catarinense

O Estado de Santa Catarina concluiu a elaboração e distribuiu a versão impressa do Currículo Base da Educação Infantil e do Ensino Fundamental do Território Catarinense para escolas das redes estadual e municipal. Foram 19.950 exemplares impressos, com 5,9 mil distribuídos para escolas estaduais e 14 mil para escolas municipais.

O currículo serve como base para a formulação dos Projetos Político-Pedagógicos (PPPs) das escolas catarinenses. O documento de 492 páginas foi produzido em regime de colaboração entre a Secretaria de Estado da Educação, a União dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME-SC), a União dos Conselhos Municipais de Educação (UNCME), o Conselho Estadual de Educação/CEE e a Federação dos Municípios Catarinenses (FECAM).

Novo Ensino Médio

120 escolas de sc que irao adotar o novo ensino medio em 2020 20191113 1151515101O Novo Ensino Médio está sendo implementado em 120 escolas-piloto de Santa Catarina. O modelo tem uma carga horária maior, currículo mais flexível organizado por áreas do conhecimento, no lugar de disciplinas, e volta-se para necessidades, competências e habilidades essenciais a serem desenvolvidas pelo aluno. A mudança estabelecida na Lei nº 13.415, de 16 de fevereiro de 2017, será gradativa e as 713 escolas que oferecem Ensino Médio no estado já estarão trabalhando com o novo modelo até 2023. 

No Novo Ensino Médio, as horas/aula distribuem-se entre a Formação Geral Básica (mínimo de 1,8 mil horas nos três anos); e a Formação Específica via Itinerários Formativos, contemplando habilidades próprias a uma ou mais áreas de conhecimento ou formação técnica e profissional (mínimo de 1,2 mil horas nos três anos). A carga horária anual de 800 horas passará a contemplar, ao menos, 1 mil horas/ano do estudante na escola.

Adesão ao Programa das Escolas Cívico-Militares do Governo Federal

A Secretaria de Estado da Educação realizou estudos e consultas públicas para a implementação do Programa das Escolas Cívico-Militares (PECIM), modelo do governo federal a ser implantando em três unidades escolares estaduais em Santa Catarina. As escolas EEB Emérita Duarte Silva e Souza, em Biguaçu, EEB Prof. Ângelo Cascaes Tancredo, em Palhoça, e EEB Professora Irene Stonoga, em Chapecó, participarão do modelo em que a parte pedagógica é gerida pela Secretaria de Estado da Educação, com a inserção de regulamentação e atividades sobre civismo e cidadania, com o apoio de militares das Forças Armadas e de profissionais da reserva da Polícia Militar e dos Bombeiros.

 

Leia também:

.: BALANÇO 2019 E PROJEÇÕES 2020: Educação chama 3 mil efetivos, renova 57% da frota de ônibus e investe na cultura de manutenção de escolas
.: INFRAESTRUTURA ESCOLAR: Contratação de manutenção sob demanda, conclusão de obras e novas vagas
.: GESTÃO TOTAL: Chamada de 3 mil profissionais efetivos, sistema de inteligência de dados e planos de gestão escolar
.:
QUALIFICAÇÃO PERMANENTE: Formação continuada para professores e investimentos no programa UNIEDU
.: ALÉM DA ESCOLA: Renovação de 57% da frota do transporte escolar, custeio e manutenção do sistema