TwitterFacebookYoutubeInstagram

Novos Caminhos. 1As diretrizes nacionais para potencializar a educação profissional e tecnológica em Santa Catarina foram tema de uma reunião entre a Secretaria de Educação (SED) e representantes de coordenadorias regionais, realizada na tarde desta segunda-feira, 10, em Florianópolis. A partir de março, 2.150 vagas devem ser ofertadas em educação profissional em 18 cidades de SC, por meio do Programa Novos Caminhos.

Representantes das coordenadorias regionais e Centros de Educação Profissional (CEDUP) participaram do encontro, que contou com uma apresentação sobre o programa Novos Caminhos. A iniciativa, vinculada ao Ministério da Educação (MEC), prevê a realização de um conjunto de ações, em parceria com as secretarias estaduais, para fortalecer a modalidade.

De acordo com a coordenadora do programa na SED, Jocelete Isaltina dos Santos, haverá foco em três eixos de atuação: Gestão e Resultados, Articulação e Fortalecimento e Inovação e Empreendedorismo. Entre as ações previstas estão: a ampliação das matrículas na rede estadual, com 1.050 vagas para o 1º semestre de 2020 e 1.100 para o 2º, a formação de professores e o foco na vocação regional.

Oito cidades terão oferta de vagas no primeiro semestre

No primeiro semestre, oito cidades de SC iniciam a oferta de vagas para cursos técnicos de nível médio e de formação inicial e continuada (FIC): Blumenau, Chapecó, Criciúma, Joinville, Lages, Mafra, Timbó e Tubarão. O cronograma de contratação de professores e as datas de início da oferta de vagas nas cidades devem ser divulgados ainda nesta semana.

A meta da SED é triplicar o número de vagas ofertadas na educação profissional até 2024, de acordo com as diretrizes do Plano Estadual de Educação (PEE). Atualmente, seis mil vagas são ofertadas pelo Estado na modalidade.

Os CEDUPs, vinculados à SED, atendem a cursos de Ensino Médio Integrado à Educação Profissional (EMIEP) e a cursos técnicos concomitantes e subsequentes. Em 2020, os centros passarão a atender também a cursos FIC, bem como à Educação de Jovens e Adultos (EJA).